Como tirar a cidadania italiana e morar na Itália / Europa



No Brasil, são muitos os descendentes de italianos e, estes, podem tirar sua dupla cidadania, ou seja, além de ser cidadão brasileiro, podem ser um cidadão italiano. Desta forma, a pessoa com dupla cidadania poderá morar, estudar e trabalhar nos países da União Européia, tendo os mesmos direitos e deveres de uma pessoa nascida na Itália.

Para ter direito a cidadania italiana, você precisa ser descendente de um cidadão italiano (no caso de mulher, os filhos devem ter nascido após 1948 para ter direito à cidadania, de acordo com a Constituição Italiana) ou ser casado com um(a) italiano(a) por, no mínimo, um ano. Lembrando que, se o seu parente italiano se naturalizou brasileiro, ele abriu mão de sua cidadania italiana assim, não poderá transmitir a cidadania para os seus descendentes.

Para solicitar sua cidadania italiana serão necessários os seguintes documentos originais: Certidão de nascimento do antepassado italiano e de toda a linha de descendência, Certidão de casamento de toda a linha de descendência, Certidões de óbito, CNN (Certidão Negativa de Naturalização) do antepassado italiano e o formulário preenchido, cópia da identidade ou passaporte e a árvore genealógica do requerente. Todas as certidões brasileiras devem estar traduzidas para o italiano por um tradutor juramentado e todas apostiladas, conforme as regras da Convenção de Haia.

A cidadania Italiana pode ser solicitada no Consulado da Itália no Brasil, com espera de, aproximadamente, 7 a 12 anos e gasto médio de 5 mil reais, ou na Itália, com espera de 3 a 6 meses e uma média de gasto de 20 mil reais.


Precisa de auxílio para tirar seu Visto ou Passaporte? Nós temos uma solução simples e rápida. Fale Conosco.

Este site é uma iniciativa privada, sem filiação a qualquer Consulado ou Embaixada.

Qualquer solicitante pode realizar o processo gratuitamente e diretamente com o Consulado ou Embaixada em questão.
COMPARTILHAR